Galera da arte de Carazinho e cidades vizinhas, saca só!

 

Com a pandemia desacelerando, tomou forma e força a ideia de voltar COM TUDO com os eventos culturais, que tantas alegrias nos trouxeram lá nos idos de 2015, 2016 e 2017. Lembram? Mostras de Arte no Rancho Cavalo de Troia, Sábado Cultural na Fuccar, feirinhas na praça, Aniversário Cultural em Não-Me-Toque, lançamento da Revista Obscena, furdunço, junção, amigos, arte.

Éramos felizes e sabíamos.

Aí o pesadelo começou.

2018 veio atropelando. Em 2019, o desmonte da cultura brasileira começou. 2020 trouxe a pandemia e o resto desta trágica história todo mundo conhece.

Por isso, neste ano em que conseguimos ao menos ver uma luz no fim do túnel que não é o trem vindo em nossa direção (espero!), juntamos uma trupe e decidimos: vamos fazer! Vamos voltar a fazer! Vamos recomeçar!

Todo mundo está em crise de abstinência de encontros, risadas, música, arte e cultura – agora imagina tudo isso junto?

Comecei a fazer os contatos com os artistas que conheço e, para minha tristeza, vi que boa parte deles parou de produzir. Perdeu o tesão, a concentração, falta tempo e ânimo e grana, todo mundo meio desanimado, desempregado, trabalhando em subempregos ou em três empregos.

Isso nos fez pensar em desistir?

“Já que a galera tá parada, pararemos também”?

NÃO e bem pelo contrário! Mais do que nunca se mostra absolutamente necessário riscar a faísca para (re)acender esse fogo, porque o caminho é longo e árduo e frio e triste, mas com arte fica mais iluminado, quentinho e feliz.

Por tudo isso, criamos o Observatório de Arte Local: um cadastro para artistas de Carazinho e cidades vizinhas deixarem seu contato, para que possamos fazer uns agitos culturais por aqui.

Então, se você lida com arte, se cadastre.

Se você só lida com arte nas horas vagas, se cadastre.

Se você não lida com arte, mas conhece quem lida, manda o link e pede pro artista amigo se cadastrar!

Se puder, divulga entre os teus contatos. Aposto que tem um artista lá, escondidinho, só esperando uma oportunidade para dar as caras.

Através deste cadastro, poderemos mapear os artistas de Carazinho e região e pensar em ações para incentivar e apoiar estes artistas. Poderemos chamá-los para participar de eventos, feiras, exposições, palestras, oficinas, livros, apresentações, o que aparecer ou a gente for capaz de inventar!

Amadores ou profissionais, maiores e menores de idade, não importa a área: ilustração, literatura, música, artesanato, entalhe, fotografia, capoeira, mágica, teatro, declamação, dança, tatuagem, HQs, culinária, skate: se você mora aqui por perto, nós queremos conhecer você!

Bora se juntar e fazer acontecer? 

Postagens mais visitadas deste blog

11 de setembro

Amanhã será um grande dia!

Sobre os paradoxos da vida